Curitiba – Cidade Sede do Contaf 2018

Curitiba merece o título que tem: Cidade Modelo. De ruas amplas, limpas e arborizadas. Repleta de opções para passeios, lazer e cultura. A gastronomia também é variada, tendo um bairro somente destinado a restaurantes: Santa Felicidade.

 

Muita se fala sobre Curitiba, mas pouco se fala sobre seus artistas. O quanto a arte vem tomando conta da cidade, sempre merecendo destaque em seus inúmeros ateliês.

Um dos maiores focos de manifestações artísticas começou na rua XV de Novembro, a conhecida Rua das Flores. O ponto central de artesões, pintores, cafeterias, livrarias e lojas, que se expandiu, distribuindo a arte por inúmeros museus.

 

A modernidade curitibana se mistura à conservação de seus antigos museus e edificações. Como a recente obras de Oscar Niemeyer – o Museu de Niemeyer, em sua forma inusitada, recoberta por esquadrias de vidro que refletem a paisagem urbana.

 

Foi em Curitiba que surgiu uma das primeiras feiras de artesanato do Brasil, no Largo da Ordem. E há muito para se visitar, entre opções de parques e memoriais.

 

Curitiba tem 908 metros de altitude, junto à Serra do Mar, o que torna seu clima mais frio e úmido. É a maior capital serrada do Brasil, com centenas de hotéis e flats, somente na região metropolitana.

 

Hospedagem
Hotel Radisson – Local do Contaf 2018
Localização: avenida Sete de Setembro, 5190 – Batel Curitiba / PR – CEP: 80240-000
Telefone: (41) 3351-2222
Ao solicitar reserva, informe sua participação no Contaf 2018 para obter um desconto na diária.

 

Acesso por diferentes rodovias
A BR 116 – Regis Bittencourt interliga as regiões Sul, Sudeste e Norte do Brasil, passando por São Paulo/SP, com uma viagem que dura entre cinco a seis horas. De Foz do Iguaçu, o acesso se dá pela BR 277, conhecida popularmente como a grande estrada, também interligando o Paraguai, Argentina e Porto de Paranaguá. Uma outra opção é a BR 476, ligando a cidade de União da Vitória, no Sudeste do Estado, à capital paranaense.

 

Passeios imperdíveis em Curitiba/PR
Grande parte dos pontos turísticos da cidade podem ser visitados utilizando como transporte a Linha Turística, que oferece 25 paradas. O primeiro ônibus parte às 9 horas da Praça Tiradentes/Centro. A partir de então, circula a cada 30 minutos, com saída do último ônibus às 17h30. Percorre 44 quilômetros, durante cerca de 2h30. Informações de cada ponto turístico são transmitidas em três idiomas: português, espanhol e inglês. Cada ticket permite acesso a cinco locais turísticos, ou seja, a quadro paradas. Basta descer no local escolhido, visitar e retornar ao mesmo ponto de parada para embarcar no próximo ônibus. Informações pelo telefone 156 – chamada permitida na área de Curitiba/PR Informações disponíveis também no site: http://www.urbs.curitiba.pr.gov.br/transporte/linha-turismo

 

Portal da Estrada da Graciosa 1.jpgPortal da Estrada da Graciosa 2.jpgVilarejo Porto de Cima.jpg


AdmirorGallery 5.1.1, author/s Vasiljevski & Kekeljevic.
Website security test completed by https://www.security-audit.com
Bosque do Papa - Museu da Imigração Polonesa

 

Inaugurado em dezembro de 1980, marca a passagem do Papa João Paulo II a Curitiba/PR, em junho do mesmo ano. Há sete casas típicas no local.

 

Endereço: rua Mateus Leme X rua Wellington de Oliveira Viana.

 

Entrada gratuita.

 

Informações no link: http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parques-e-bosques-bosque-papa-joao-paulo-ii/277

 

 

Estrada Graciosa

 

Também chamada como Rodovia PR 410, interliga os municípios de Quatro Barras a Antonina e Morretes, atravessando por um dos trechos mais preservados da Mata Atlântica. Vale uma parada no Porto de Cima, um pequeno povoado que surge, antes de chegar a Morretes.

 

Localização: Acesso pela Rodovia Regis Bittencourt/BR 116, Saída 58

 

Sugestão de site para consulta: https://www.viagensecaminhos.com/2011/11/estrada-da-graciosa-pr.html

 

 

Feira do Largo da Ordem

 

Acontece aos domingos, das 9 às 14 horas, percorrendo o trecho entre as ruas São Francisco e Dr. Kellers, junto ao Centro Histórico da cidade.

 

Há uma grande diversidade de artesanato em diferentes materiais e muitas antiguidades.

 

 

Jardim Botânico

 

Marco que simboliza a cidade de Curitiba, como um dos cartões postais mais procurados pelos turistas de todo mundo. Mantém uma estufa de plantas e um espaço culturas com acervo permanente de obras do artista plástico Frans Krajcberg.

 

Entrada gratuita

 

Para visita à exposição, verifique valores dos ingressos.

 

Rua Eng. Ostoja Roguski, 690

 

http://www.curitiba.pr.gov.br/idioma/portugues/linhaturismo/jardimbotanico

 

 

Memorial Ucraniano

 

Inaugurado em 1995, está localizado no Parque Tingui. Foi erguido em homenagem aos imigrantes ucranianos.

 

Entrada gratuita.

 

Endereço: Rua Dr. Mba de Ferrante s/n.

 

Mais detalhes no link: http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/memorial-ucraniano/1638

 

 

Museu Alfredo Andersen

 

Pode ser considerado o início da História da Cerâmica de Curitiba. Após o falecimento de Alfredo Emílio Andersen, sua residência transformou-se na Casa de Alfredo Andersen, em 1947. Em 1979, o local recebeu a denominação de museu.

 

Reúne documentos, objetos e obras do artista.

 

Informações no site: http://www.maa.pr.gov.br/

 

 

Museu Oscar Niemeyer

 

Localmente, se tornou conhecido como “Museu do Olho”, em razão de sua arquitetura que lembra o formato de um olho humano.

 

Tem um dos maiores vãos livres do Brasil, com 65 metros. Sua fachada de vidro reflete o movimento da cidade.

 

Endereço: Rua Marechal Hermes, 999

 

Mais detalhes no site: http://www.museuoscarniemeyer.org.br/home

 

 

Ópera do Arame / Pedreira Paulo Leminski

 

Localizado no Parque das Pedreiras, tem uma estrutura tubular, acompanhada pelo teto transparente. Tornou-se um dos principais pontos turísticos da cidade, erguido sobre um lago e contornado pelas paredes de uma pedreira desativada.

 

Visitação gratuita – De terça a sexta-feira, das 8 às 18 horas

 

Endereço – Rua João Gava, s/n.

 

Detalhes no site: http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/opera-de-arame/1611

 

 

Parque São Lourenço

 

A velha fábrica de Adubos Boutin se transformou num Centro de Criatividade, um complexo com ateliês, oficinas, auditório, espaço para exposição e biblioteca.

 

Recentemente, o ateliê conclui este ano a construção do maior forno de queima de cerâmicas da região Sul do País.

 

Visitação Gratuita.

 

Rua Mateus Leme, s/n.

 

http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parques-e-bosques-parque-sao-lourenco/317

 

 

Parque Tanguá

Situado nas antigas pedreiras da Família Gava, junto ao Rio Barigui. Uma dica: se o local fizer parte do seu roteiro de passeio, procure fazer uma caminhada pelas ruas laterais, passando pela vegetação densa até chegar ao lago, onde a vista é deslumbrante: uma queda d’água parte do mirante até o lago, com gigantescos paredões de pedra.

 

Entrada gratuita.

 

Endereço: Rua Oswaldo Maciel, 97 - Taboão

 

http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parques-e-bosques-parque-tangua/318

 

 

Parque Tingui

 

Segue ao longo do Rio Barigui, foi construído em homenagem ao povo indígena Tingui, primeiros habitantes da região. Em uma das entradas, há uma estátua de Tindiquera, feita pelo artista plástico Elvo Benito Damo.

 

Entrada gratuita.

 

Localização: entre as ruas Fredolin Wolf e José Valle

 

Informe-se também no link: http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parques-e-bosques-parque-tingui/321

 

 

Passeio de trem entre Curitiba e Morretes

 

Há diversas opções de passeios, diurnos ou noturnos, em camarote ou vagões de luxo e diversas opções de preços.

 

As paisagens são deslumbrantes. Um dos pontos mais surpreendentes é a passagem do trem sobre a ponte São João, totalmente de ferro.

 

E a vista da Represa Cangaíba, onde podemos visualizar a árvore crescida no topo da chaminé, único vestígio acima das águas, após a inundação.

 

Escolha o pacote mais adequado consultando o site https://serraverdeexpress.com.br/

 

 

Rua XV de Novembro - Centro - Curitiba

 

Foi a primeira rua disponível, no Brasil, apenas para pedestres, hoje carinhosamente conhecida como Rua da Flores. Muito procurada para quem procura boas cafeterias e restaurantes, onde são servidos quitutes típicos da cidade.

 

 

Contato: (11) 5594-5184 / 5071-0011
contaf@pascoalmassas.com.br | www.contaf.com.br
(c) 2013 Copyright - Todos os direitos reservados

CONTAF 2018:

Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo